quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Fazer o Natal Acontecer

Sei que o mês está a acabar e com a entrada do Novo Ano os Reis vão se aproximar e com a sua chegada deles, o Natal vamos guardar e mais uns meses temos que esperar para o Natal voltar a chegar...
...mas não vai deixar de ser Natal sem vos mostrar como ficou a casa para o receber






Fuxico também presente





Adoro pombas.




Lindo!



O presepio da casa tipo Acoriano em honra da minha sogra que era natural de S.Miguel



Mais umas das figuras recuperadas o homem do peixe




A ponte feita pela Joaninha




A serpente






Nesta foto pode-se ver o homem à pesca que eu e a Joana recuperamos e os dois patinhos pintados de amarelo que foram feitos com o resto de barro








Pormenores do presépio



Esta é a minha rena Rodolfo




Este é o Flash o meu coelhinho



O Pai Natal já é tradição na casa, embora o grandalhão este ano não tenha ído para o lado de fora da janela, na rua estranharam e até perguntaram, mas não havia muito clima na altura e decidi não o por.



O centro simples mas feito com amor por umas mãozinhas de 10 anos



O calendário do advento estava à porta, para todos os dias serem assinalados, como recompensa...um chocolatinho



.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Fatias Paridas



Fatias de pão do dia anterior

4ovos

leite q/b

açucar q/b

casca de limão

pau de canela

oleo para fritar

canela em pó e açucar amarelo(para passar as rabanadas depois de fritas)




Como o meu marido adora rabanadas,(fatias paridas no Minho) mas as de compra em geral são sempre muito secas,decidi aventurar-me e fazer umas quantas para matar as saudadinhas ao maridinho.

Levei um tacho ao lume com o leite a casca de limão o pau de canela e duas colheres de açucar, deixei ferver e retirei do lume.

Passei as fatias do pão pelo leite e depois pelos ovos préviamente batidos e coloquei na frigideira com oleo bem quente a fritar,fui repetindo até acabar o pão.




Depois de fritas passeias por canela e açucar amarelo, para ganhar aquele molhinho.
Sabem de uma coisa, ficaram tão boas que já havia poucas quando me lembrei que não as tinha fotografado depois de prontas, ufa, ainda fui a tempo ...beijinhos


terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O Natal aos poucos





A escola da minha filhota fez uma feira do livro e resolveu fazer uma mini festa com a participação de alguns alunos que frequentam clube de inglês e outras actividades.
Eu já estava fascinada com o anjo que estava à porta da biblioteca, mas fiquei de boca aberta quando lá dentro vi esta maravilha, a arvore da harmonia chamar-lhe-ia eu,não resisti e tirei várias fotos, segundo me disse um professor este trabalho foi iniciado no ano lectivo passado por alunos do 5ºano e ainda estão a dar os ultimos retoques.
As fotos dizem tudo está lindo!




Este anjo estava à porta para receber os visitantes



A escola do meu nétinho organizou a sua festa de Natal na sala de festas da Paróquia da Ajuda (Boa-Hora).
Os mais pequenos cantaram, muito afinadinhos, depois houve o tempo da orquesta, composta por alunos desde o 2 ano até ao 4 ano que tocaram com brio e rigor o que lhes tem sido ensinado apenas há cerca de 3 meses,com o apoio da junta de freguesia local, neste caso a junta de freguesia da Ajuda que me pareceu estar atenta a toda a comunidade tanto escolar como local.
Houve tempo para um teatro ,muito bem ensaiado e com um texto preocupado com as drogas, roubos etc,depois nem queria querer que as crianças embora ensaiadas tivessem a nobreza de dar oferendas ao menino Jesus terminaram a festa sorteando um cabaz de Natal por sinal bem recheado entre as pessoas.
Uma festa simples mas muito muito agradável, adorei.
Tenho pena de não poder mostrar as imagens dos meninos a tocarem violino, violoncelo ..etc..mas eu não sei desfocar as caras.










Neste ano não houve festa na escola,porque a todo o tempo estamos à espera de obras, daí resolveram professores e a coordenação levar os meninos ao cinema, foi lindo,toda a escola rumo ao El Corte Inglês, em transportes publicos, que ainda foi melhor, a nossa escola está de parabéns pois correu tudo bem.
(imagem no interior do centro, tenho imagens muito engraçadas, mas como mostra de frentre as crianças não posso divulgar)


toda a escola rumo ao El Corte Inglês

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Troca de Prendas do Blogue "O Mundo da B.V"



O correio trouxe um envelope e nele vinha a amizade secreta desafio proposto pelo "O Mundo da B.V"

Vinha recheado de amizade e com uns presentinhos feitos pela sofia
Dois pares de brincos.



Um alfinete da hello kitty que se passou logo para o bolssinho do kispo da minha Joaninha.



Ficou lindo não acham?
Mas a Sofia não ficou por aqui e fez este lindo postal de Boas Festas.




Muito bem pensado não acham?

Adoro receber postais, sabem para onde ele foi?
Foi pendurado com muito carinho, na nossa árvore de Natal.
Obrigada Sofia,eu e a Joana gostamos muito de tudo,continuação de Boas Festas.

sábado, 25 de dezembro de 2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Nascimento do Menino Jesus



José e Maria, iam de viagem de Nazaré para Belém, por ordem do imperador de Roma que por sinal também mandava na Palestina e por sua ordem todos teriam que regressar à sua terra de origem para se recensearem, Maria seguia montada num burro pois já estava num estado de gravidez muito avançada, ao fim de alguns dias de viagem chegaram por fim a Belém.
Maria começou a pressentir que a hora do menino nascer tinha chegado e José começou a procurar em todas as estalagens abrigo, mas estavam completamente cheias, pois tal como eles tinham vindo muitas pessoas.
José descobriu uma gruta, onde os pastores e camponeses costumavam utilizar como estábulo.
E foi mesmo aí que Maria deu à luz o seu menino, o Filho de Deus.
Com todo o cuidado Maria embrulhou-o numa manta que havia por ali e colocou-o na manjedoura, para ficar mais quentinho.
Entretanto pastores que guardavam os seus rebanhos de noite avistaram uma luz forte e surgiu um anjo a anunciar-lhes o nascimento do menino em Belém e pediu-lhes para o irem ver, mais lhes disse que o iriam reconhecer envolto de uma velha manta deitado numa manjedoura.
Assim a noticia foi-se espalhando, de todos os lados começaram a surgir pastores, mulheres, homens, Reis e até animais que seguindo uma estrela que brilhava, chegavam à gruta e ficavam a adorar o menino.

O Anjo Anunciou:

"Não tenham medo porque lhes trago uma boa notícia, uma notícia que lhes vai dar grande alegria e a todo o povo.Hoje em Belém, na cidade de David, nasceu o Salvador, o MESSIAS anunciado pelos profetas, o SENHOR! Vão vê-lo; reconhecem-no quando encontrarem um menino embrulhado em faixas e deitado numa manjedoura"

Esta é a minha participação da blogagem colectiva do blogue "Espiritual-idade"

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Então é Natal



Cansada de mais um duro dia de trabalho, Maria dava por terminada a lavagem da ultima escada, estava exausta mas era necessário.
Seu marido tinha sido despedido, como sempre não parava muito tempo no mesmo emprego, adormecia, era viciado em álcool e por vezes fazia tristes figuras no local do trabalho, não fosse a senhora D.Albertina um anjo que nos ajudou e conseguiu que o António meu marido se trata-se, nem que fosse pelo Toninho nosso filho.
Ai o meu Toninho, é um bom menino, e o pai agora com o tratamento anda muito melhor, saí todos os dias bem cedo à procura de trabalho, anda por lá todo o dia coitado , mas não tem conseguido nada.
Como o dinheiro é pouco e é véspera de Natal andei a lavar estas escadas para poder comprar um presente ao meu Toninho, o sonho dele é ter um automóvel com comando e graças a Deus ele irá ter essa surpresa.
Maria estava desejosa de chegar à`sua humilde casa, só para ver a felicidade no olhar do filho.
Foi com muita pressa que saiu do autocarro, num saco a janta fraca, mas é o que se pode comprar, no noutro o belo presente.
Conseguiu chegar à porta onde a tremelicar colocou a chave na fechadura, quando a porta se abriu ela nem queria acreditar, a mesa estava posta com pratos para sopa e segundo, havia um prato com rabanadas,bolo rei e arroz doce, as janelas estavam embaciadas do vapor dos tachos que ferviam, as couves as batatas e o bacalhau.
Maria, com os olhos a ficarem vidrados pelas lágrimas, estava espantada e não percebia como é que o marido tinha conseguido dinheiro para fazer aquela ceia, foi aí que António explicou que tinha conseguido trabalho já à um mês só Toninho era cúmplice, era uma surpresa que António lhe queria fazer, Maria lavada em lágrimas abraçou o filho e o marido e assim se fez Natal .


Esta é a minha participação na blogagem colectiva "Espaço Aberto" dO 2º Concurso Literário
Peço desculpa só postar hoje, este texto foi elaborado por mim.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

História de uma Vida





5ºCapitulo

No meio de tanta anciadade o dia de lhe dar o sim chegou, e a partir daí o namoro era verdadeiro, agora a pouco e pouco eu ía relaxando e tendo a certeza que desta vez tudo era sincero e puro.
Foram tempos inesqueciveis onde havia responsabilidade, gostos iguais, estudos e trabalhos divididos, gargalhadas, e nem as férias eram problema pois arrajavamos maneira de nos ver.
A coisa começou a ficar cinza quando a minha mãe descobriu, não ficou chateada por namorar mas sim com quem namorava, sem perceber o porquê lá se arranjava maneira para sair e depois tinhamos a escola, portanto não havia problema, pensava eu, mas enganei-me, começaram as ameaças e as tareias por parte de minha mãe.
Como a minha mãe não se resolvia a perceber que eu deveria namorar quem gostava, eu arranjei outro namoro dos gostos de minha mãe, mais velho que eu e já trabalhava.
Assim com namorado trabalhador e ao gosto eu teria o terreno livre para namorar realmente quem me agradava,assim se passou muito tempo...até que um dia fui apanhada pelo namorado oficial que me viu a caminho de casa de mão dada com o F pois o V trabalhava na baixa e vinha almoçar a casa e o eléctrico tinha um troço que apanhava a Calçada da Tapada e foi aí que ele nos viu ,curioso é o local onde hoje habito.
A partir desse dia escusado será dizer que não apanhei mais porque o meu pai apareceu e o V foi com os "porcos" e quanto ao F era quase tolerância zero, mesmo assim lá conseguia-mos umas saídas, mas com estas escondidas, e mentiras pelo meio, sei que houve uma pequena zangae houve novas amizades ,novas turmas e eu estou com quinze anos e por tanta pressão e falta de apoio cometi a primeira grande argolada da minha vida, como um tempo depois a minha mãe descobriu ,quis que eu casasse , quando no fundo eu deveria era ter uma conversa de mãe e filha.
Naquela altura digo sinceramente pensei vai ser a minha independência, como me enganei, pois era uma estudante que teve que abandonar os estudos porque nos entretanto casou, engravidou,teve que continuar a viver com um marido na casa dos pais que por sinal era F de nome , mas não o F que tanto queria.
Os meses foram passando e mesmo depois de casada o meu F apareceu à minha porta pois não acreditava que eu tivesse dado o nó, só consegui trocar um breve olhar pois quem atendeu não gostou nada.
Eis que num dia de Dezembro de 1976 mais própriamente a catorze nasce o meu filho Paulo Alexandre, a partir daí tudo mudou a razão de tudo era ele e entre altos e baixos consegui manter um casamento por dezassete anos e mais seriam senão fosse ter acontecido uma segunda gravidez em finais de 1992 em que vivi mais um filme de terror do que um estado de graça.
Achando que num casamento de quase dezoito anos e surge uma gravidez em que está tudo bem se pede e se exige um aborto, como justificação de que já não se está habituado a choros de crianças, em que nunca foi comentado nenhuma situação económica até porque nestes anos todos, continuavamos com os meus pais por comodidade dele, senti-me a mulher mais infeliz,uma gravidez que não acompanhou, pois as noitadas eram constantes enfim...
Em junho de 1993 nasceu o Flávio e descobri o porquê do pai não querer que ele nascesse, não era pelo choro era porque tinha outra companheira que por sinal depois teve mais duas crianças, como é lógico pedi o divórcio fiquei com um adolescente e um bebé à minha guarda e o pai nunca cumpriu com o pagamento que o tribunal destinou.
Os avós maternos ajudaram-me, mas os paternos viraram-me as costas inclusivé aos netos, pois o filho fez-lhes a cabeça,...O meu ex foi para o Brasil com a nova familia tinha o meu Flávio um aninho, voltou agora à dois anos abandonou a outra familia, foi viver para casa dos pais , a mãe muito doente foi hospitalizada e esteve faz por esta altura dois anos, o pai com Alzheimer e ele não tratava do pai e ía ao hospital fazer a vida negra à mãe que sofre do coração a ponto de ser proibida a sua entrada pelas enfermeiras, mas isso eu sabia que ele não era boa peça mas...como Deus não dorme a minha cunhada pediu-me ajuda para o tirar lá de casa que a mãe quando regrssa-se não o queria lá e claro eu ajudei, a minha sogra saíu do hospital sem andar esteve acamada de falda ninguém dizia que voltava a andar e eu sempre disse que ela iria andar e o que é certo é que ela melhorou já faz a sua vida normal,claro pediu-me desculpa por ter ido pelas conversas do filho, mas claro ela é mãe e eu também sou e não sou rancorosa.
Bom já vai longa esta passagem e por motivos da história avançei para fazer um ligeiro recuo quando o meu flávio tinha dias...



...continua (xunandinha

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Blogagem colectiva


Encarnação

Maria estava só quando o anjo Gabriel lhe deu a noticia que o Espirito Santo desceria sobre ela e o poder de Deus envolvela-ia como uma nuvem, daí nascerá um nasceria um menino que seria Santo e ao qual dariam o nome de Jesus, que qer dizer "Deus é Salvador" nome que se virá a justificar ,pois Jessus nasceu para nos salvar.

Esta e mais uma parte da blogagem colectiva de Natal, desafio proposto pela amigaRosália do cantinho Espiritual-Idade -beijos a todos

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ajudar para Ter



Como sei que nós os Portugueses somos muito solidários,tomei a liberdade de através do meu espaço, falar de um outro espaço que nasceu à pouco tempo paraum trabalho de grupo para area de projecto que envolve alunos do 12ºano e o nome do blogue chama-se "Daflama" seria muito bom visita-lo, para lhes darem força, ideias, apoio e quem sabe serem futuros dadores .
A todos o meu bem hajam

Daflama
Lisboa, Portugal
projectodavidades


.:: Projecto "Dê Sangue" ::.



Somos um grupo de alunos do 12º ano de Ciências e Tecnologias da Escola Secundária Rainha D. Amélia.

angue@gmail.com

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Blogagem colectiva de Natal




Tocam os sinos
Do alto da velha igreja
Anunciando o grande dia
É Dezembro dia oito
É feriado Nacional
Nesta terra de Portugal
É Santo e de que Santa é
Sabe toda a população
É uma Santa bem querida
Do nosso coração

Nª Senhora da Conceição
Padroeira de Portugal
Olha por todo o Mundo
És a nossa raínha
A nossa salvação

Minha NªS.Conceição
Vós que de terço,
E manto azul azulão
Rezais por toda humanidade,
Humildemente vos peço,
Auxilio em todas as necessidades
Quer espirituais
Assim como materiais
O Mundo precisa de Ajuda
Urgente!

Anunciação:

Eis que Dezembro chegou,com ele muitas tradições,em linguas diferentes,com religiões diferentes.
No meu Natal, o Cristão ,foi neste mês e poderemos considerar o dia de hoje que o Anjo Gabriel apareceu a Maria e lhe deu a boa nova,de que iria ser mãe de Jesus.
Maria como boa cristã, obedeceu, sem perguntas fazer, esperando pacientemente a hora da chegada do Espirito Santo.


Esta é a minha 1ª das 3 participações na blogagem colectiva de natal do blog "Espiritual-idade"
A próxima será dia 15/12/10

sábado, 4 de dezembro de 2010

E Eis Que Dezembro Está Aí



A chuva já cai e não temos dúvidas que está mesmo um frio de rachar (como se costuma dizer), nos pontos mais altos mais a norte do País já neva e bem, não há dúvida nenhuma que estamos no Inverno, em Dezembro último mês do Ano, mês em que se comemora o nascimento de Jesus, o mês que as crianças aguardam, com um sorriso nos olhos de tantas montras de brinquedos visitar e de ver tantas luzes a brilhar,o mês da familia das ídas ao Circo, à missa do galo, das canções de Natal e o sorriso encantado que se vê quando uma criança avista um dos muitos Pai Natal espalhados pelos centros da cidade...Bom o que é certo é que o ano 2010 está quase no fim.
Beijos

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Um Provérbio para cada dia do Mês



Embora com alguns dias de atraso,com um pouco de ginástica e muito carinho por quem me visita ,consegui postar os meus últimos provérbios,tema que tem sido habitual, todos os mêses,que começou em Janeiro e claro vai terminar por aqui.
Espero e faço votos que tenham gostado deste tema, beijinhos para todos.



01-12-10 Dezembro molhado,Janeiro geado.
02-12-10 Ao que tem fome dá o teu pão, mas ao triste dá-lhe o coração.
03-12-10 As paredes têm ouvidos.
04-12-10 Devagar se vai ao longe.
05-12-10 Achar e guardar é furtar.
06-12-10 Acada um aquilo que é seu.
07-12-10 Aos peixes não se ensina a nadar.
08-12-10 Apanha com o cajado, quem se mete onde não é chamado.
09-12-10 As lágrimas aliviam o coração.
10-12-10 Beleza sem virtude é como rosa sem cheiro.
11-12-10 Bem canta Marta depois de farta.
12-12-10 Bem come o vilão se lho dão.
13-12-10 Bem dizer faz rir, bemfazer faz calar.
14-12-14 Bem sabe mandar quem bem sabe obedecer.
15-12-10 Bom exemplo,meio sermão.
16-12-10 Boa fama granjeia quem não diz mal da vida alheia.
17-12-10 As palavras boas são, se assim for o coração.
18-12-10 Mais homens se afogam num copo do que no mar.
19-12-10 Às três é de vez.
20-12-10 Tostão a tostão se faz um milhão.
21-12-10 Baste um frade ruim para dar que falar a um convento.
22-12-10 Guarda que comer, não guardes que fazer.
23-12-10 Ande o frio por onde andar, no Natal vem cá parar.
24-12-10 Deus escreve direito por linhas tortas.
25-12-10 Mais vale um vizinho à mão, do que ao longe o nosso irmão.
26-12-10 Deus dá o pão mas não amassa a farinha.
27-12-10 Bom nome é melhor que riqueza.
28-12-10 Deus é bom trabalhador, mas gosta que o ajudem.
29-12-10 Boa fama granjeia quem não diz mal da vida alheia.
30-12-10 Cada macaco no seu galho.
31-12-10 Ao menino e ao borracho põe Deus a mão por baixo.

Curiosidades do Mês


01-12 Dia da Restauração da Independência.
Dia Mundial da Sida.
02-12 Dia Internacional para a Abolição da Escravatura.
03-12 Dia Internacional dos deficientes.
05-12 Dia Mundial do Voluntário.
07-12 Dia Internacional da aviação Civil.
08-12 Dia Imaculada Conçeição (Padroeira de Portugal).
10-12 Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
11-12 Dia Internacional das Montanhas.
18-12 Dia Internacional dos Migrantes.
19-12 Dia Mundial Contra a Pobreza e a Exclusão Social.
25-12 Dia de Natal.
26-12 Dia Europeu das Línguas.
27-12 Dia Mundial do Turista.
31-12 Dia em que Todo o Mundo Comemora o Último Dia do Ano.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Um cheirinho a Natal

Obrigado Raquel



Andam nuvens bem negras a pairar, de tal maneira que a tristeza invadiu meu coração.
Não fosse um simples postal enviado por uma amiga que não conheço, mas que veio no momento certo e conseguiu aconghegar-me um pouquinho.
Amiga Raquel ainda bem que antecipaste a tua troca de postais,adorei, aliás adoro receber postais pois se analisarmos a questão enviar um postal de Natal caiu em desuso

Ao abrir além de uma simpática mensagem, o mágico postal ainda trazia de bónus duas meadas de linha de bordar, que de certo vou saber dar-lhes o uso que merecem.




Minha querida Raquel, o meu obrigado e até breve,Beijinhos

domingo, 21 de novembro de 2010

Tarte de Limão Merengada





Sempre muito atenta no que faz.



Mãos à obra e num abrir e fechar de olhos a J tinha tudo pronto.



Mãos pequeninas mas que já ajudam muito!



Numa tarde de domingo resolvi com ajuda da minha pequenota fazermos uma receita nova, daquelas que vem não sei aonde e que não puxa a fazer, mas como havia vontade e até havia os ingredientes todinhos...bem menos o rum...mas havia uma pistola nova de pasteleiro para estrear e a J. não queria deixar para outro dia, por isso aqui fica o registo em imagens e o convite para um chá, por fim a receita que penso que se pode trocar os limões por laranjas,para quem preferir.



Base-Manteiga para barrar a forma
1 embalagem de massa quebrada


Recheio-4 gemas de ovo
1 lata de leite condensado
sumo e raspa de 2 limões
1 colher de sopa de rum
(eu substituí por whisky)

Merengue-4 claras de ovo
1 pitada de sal
4 colheres de açucar em pó
1 saqueta de açucar baunilhado

Pré- aqueça o forno a 180ºC ,unte uma tarteira com cerca de 26cm de diametro e forre-a com a massa quebrada, pique o fundo com um garfo e cubra com papel vegetal,leve ao forno cerca de 15 minutos.
Entretanto prepare o recheio, bata as gemas com o leite condensado, adicionea raspa, o sumo dos limões e o rum.
Retire a forma do forno e o papel vegetal. Deite o recheio e alise com a ajuda de uma espátula.Leve ao forno durante mais 15 minutos.
Para o merengue, bata as claras em castelo com o sal.Assim que começarem a prender, junte o açucar em pó e o açucar baunilhado.continue a bater até que fiquem firmes.
Com um saco de pasteleiro e um bico canelado, cubra toda a superficie da tarte com pequenos enfeites.Leve ao forno a dourar por alguns minutos.

Se não tiver saco de pasteleiro pode utilizar uma espátula para espalhar o merengue