terça-feira, 30 de março de 2010

Em frente ao espelho





Estando numa de deitar papeis no "lixo" descobri este poema nos apontamentos da minha Joaninha.
Claro que o li e claro embora não saiba,quem é o autor,e qual a fonte de pesquisa,não resisti a dividir convosco um poema tão lindo,e que de certa maneira alguns vão reviver brincadeiras que já vão longe.


O meu quarto, é só meu
Ninguém entra no meu Mundo


Fecho os olhos
Sou a estrela
Mudo tudo num segundo


Tenho a idade que quiser
Faço o que me apetecer


E enfrente ao espelho
Os meus sonhos são reais
Sou cantora, sou actriz e muito mais
Tenho asas para voar
Chego onde eu quiser chegar


O meu quarto
É o meu Mundo
Sou uma nuvem no meu céu


Tomo a forma que quiser
Neste espaço que é só meu


Tenho tempo para viver
E os amigos que escolher


E enfrente ao espelho
Os meus sonhos são reais
Sou cantora, sou actriz e muito mais
Tenho asas para voar
Chego onde eu quiser chegar

Autor-Desconhecido


3 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Boa noite, minha querida amiga.
Passando no meu blog "Meu caderno de Poesias", deparei-me com seu comentário. Muito dificilmente venho neste blog, pois coloco as poesias que mais me identifico para agradar vocês. Onde você pode encontrar-me todos os dias é no meu outro blog FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Gostaria que desse uma olhadinha, já que gosta tanto de leitura, garanto que vai gostar. Lá eu escrevo quase que diariamente.
beijo grande.
saudações Educacionais.

O Báu da Mimi disse...

Lindíssimo :))

Beijinhos grandes*

Bombom disse...

Esta Poesia é muito linda e fiquei com a impressão de já a ter visto nalgum lugar, mas não fui capaz de identificar a sua autora.
Desejo que estejas melhor da tua mão e que não tenha sido nada de muito grave.Bjs. Bombom