quarta-feira, 18 de agosto de 2010

História de uma Vida




1º capitulo

Olhando as crianças de hoje, recordo com alguma nostalgia a minha infância.
Filha única de familia emegrante do norte, fui educada entre mimos e "pontapés".
Meu pai de profissão Padeiro trabalhava toda a noite, minha mãe analfabeta, rude, marcada pela vida,( de ter ficado orfã de mãe muito cedo cerca dos 10 anos e ter mais 6 irmãos um dos quais ainda de colo e não ter outro remédio senão ajudar em casa, o unico emprego que conseguiu foi o de " Mulher a Dias " como se dizia na altura.
Vivia-mos todos, naquilo que consideravam lar, uma barraca construída pelo meu pai algures para os lados da Ajuda, hoje penso que mesmo assim deviam ser tempos muito díficeis, pois o nosso lar era partilhado por 1 casal e 2 irmãos a quem davam o nome de "hóspedes".
Enquanto os meus pais viviam para o trabalho eu fui crescendo, mimos recebia de uma patroa de minha mãe que praticamente me adoptou até aos 10 anos "a minha mamã" era assim que eu a tratava, depois ela partiu para ajudar os netos em Setúbal e nunca mais a vi... tanto que lembrei e ainda lembro com saudade a minha mamã.

Xunandinha (continua...)

11 comentários:

angela disse...

Quero saber a estória toda. Gostei do começo. Vida dura que esculpiu uma pessoa bonita.
beijos

Marliborges disse...

Sinto que vai ser uma história muito interessante! Conte mais...
Bjsssss

Saltapocinhas disse...

é por isso que me "passo" quando ouço pessoas a dizerem que dantes é que era bom, que cada vez se vive pior e coisas assim do género.

Vou ficar à espera dos próximos capítulos!

*_IRINA_* disse...

Selinho para ti no meu blog =)

Mil pétalas...

B. V. disse...

Ola gostei muito do teu cantinho, e ja te estou a seguir. vem conheçer o meu e torna-te seguidora :)
bjs
http://casaescorpiao.blogspot.com/

O Báu da Mimi disse...

Uma história muito interessante :)
Beijinhos*

M. Céu Fernandes disse...

Olá querida.
Uma história dura que acaba com esse exemplo de mulher de coragem!
Há sorteio no meu blog!
Bjs e boa semana!
M. Céu

P.S. Já escolheste o tecido das joaninhas?

Socorro Melo disse...

Oi, Xunandinha!

Que bom que voltou!

A história parece ser emocionante, já promete. Estou aguardando ansiosa o próximo capítulo.
Beijos :D

Socorro Melo

Karina disse...

Obrigada pelas suas palavras.

No meio deste sofrimento todo tenho muitas pessoas ao meu lado.
Beijo

Abóbora Amarelinha disse...

Não tentas-te procurar essa senhora que tanto amor te deu?
Aguardamos a continuação dessa história de vida que te fez mulher.
beijinhos

Abóbora Amarelinha disse...

Não tentas-te procurar essa senhora que tanto amor te deu?
Aguardamos a continuação dessa história de vida que te fez mulher.
beijinhos