sábado, 22 de abril de 2017

Vamos brincar com a Chica?

Vamos Brincar com a Chica?   Claro que sim


Semana nº 13- 
Muitos dedos, mas  ter dedão sou campião.
Este sapato magoou muito o meu dedão.

O meu dedão do pé é elegante.



quinta-feira, 20 de abril de 2017

Duas almas Gémeas


Era um lago grande cheio de plantas aquáticas rodeado  de pedras que serviam de cerca nele viviam dois cisnes negros que se enamoraram e por isso passavam  a maior parte do tempo a beijar o que consegui roubar a atenção de dois olhinhos muito abertos de uma criança que gritava :- Mamã, Mamã, veja os dois cisnes estão a namorar e formam um coração quando unem os bicos, vem! Vem ver...

Receita das filhoses da Beira Baixa( Bombom)

Filhoses da Beira Baixa ( da Bombom)

1 kg de farinha de trigo (sem fermento T55)
250g de açúcar
6 ovos
1/5 copo de aguardente (50ml)
1/5 copo de azeite (50ml)
1 saqueta de fermento seco de padeiro (Fermipan)
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de erva doce em pó
raspa de limão (opcional)

Deita-se a farinha num alguidar e abre-se uma cova no meio.
Num tachinho, batem-se os ovos ligeiramente, junta-se o azeite e a aguardente, o açúcar, a canela e a erva doce e leva-se ao lume a amornar.
Quando estiver quentinho, verte-se este preparado para o meio da farinha.
Amorna-se um pouco de água e dissolve-se o fermento. Junta-se ao preparado anterior e vão-se envolvendo os líquidos, a pouco e pouco, com a farinha e com a ajuda de uma vara como a da foto.



Depois de bem batido, cobre-se o alguidar com um plástico e um cobertor por cima e deixa-se levedar de um dia para o outro (cerca de 8 horas).
No dia seguinte fritam-se *pequenas porções de massa em óleo bem quente.

* A fritura tem uma técnica especial para dar forma às filhós, de modo que estas fiquem fininhas e estaladiças por dentro e mais grossas em volta. Éste é um trabalho que tem de ser feito a dois: um a tender e outro a fritar. Aqui ficam as fotos correspondentes, com a respectiva legenda.

1 - A massa já "finta" (levedada) no alguidar, de consistência mole.

Filhoses da terra da Bombom

sábado, 15 de abril de 2017

Vamos Brincar com a Chica?

Vamos Brincar com a chica?--- Claro que sim!


                     




                                  


O passarinho verde veio pousar na mão 

                                       Os passarinhos colibri beberam na minha mão                  
Bailarinas em feltro tiveram a minha mão





sexta-feira, 14 de abril de 2017

# 52 Semanas de Gratidão


#52  Semanas de Gratidão com Elaine Gaspareto
XV Semana

Sou uma pessoa do Mundo digo muitas vezes e isto porque gosto mais de dar do que receber, vivo para o voluntariado e de ajudar quem precisa.
Amigos tenho muito poucos mas são muito bons e boas, tenho amigos em Espanha,tenho grande amiga de infância que mais tarde nossa amizade se transformou em algo mais tornou-se madrinha do meu atual casamento e madrinha de Batizado da minha filha Joana, cada vez estamos mais próximas e nossa amizade cada vez é maior.Outra amiga é a minha querida Judite.
Em 2015 fui aos Açores acompanhar a minha filha que foi tocar pelas festas Juíninhas, fiquei num hotel e hostel em que me receberam muito bem, daí ter ganho um amigo mais longe, nunca vou esquecer a maneira como fui recebida, pelo qual vou estar eternamente grata.
No ano passado em 2016 recebi uma amiga virtual com quem falava para 8anos estou muito grata pois através da Rô conheci mais 4, a Valéria, Josélia, Natália e Ailime.
Através da amiga Rô conheci mais amigas virtuais a Gracita, a Chica , o Toninho, entre outras pessoas, o que não contava é que na sexta feira ía ter o privilégio de conhecer ao vivo a amiga Zizi , adorei,adorei,adorei conhecê-la assim como seu esposo que tal como Zizi são uma simpatia, meu Deus tamanha Gratidão eu tenho, vou ser sempre grata e não vou esquecer por me ajudares a ser como sou.


 


domingo, 9 de abril de 2017

#52 Semanas de Gratidão

# 52 Semanas de Gratidão com Elaine Gaspareto
XIV Semana
Na minha vida tenho trabalhado muito, cruzei-me com pessoas boas e pessoas más , com as más pedi a Deus para nunca mais me cruzar  com pessoas assim.
Nada nem ninguém me deita abaixo, mas acima de tudo não gosto de espezinhar ninguém, para mim todos  os  humanos são importantes todos fazemos bem uns aos outros e não posso esquecer os meus queridos e amados animais e natureza, por tudo isto sou Grata por ser como sou.