quarta-feira, 2 de setembro de 2009


Atenção aos cartões de utente do SNS com subsistema de saúde averbado.



Em meados de Junho de 2007 fui contactada telefonicamente para casa a fim de me deslocar ao posto de saúde com o meu filho menor de 13 anos na altura.

Estranhei o telefonema, mais ainda o facto de saberem todos os dados do meu filho ,foi-me explicado que o meu filho frequentava uma escola da área do posto e todas as crianças eram abrangidas por um protócolo e que era importante o meu filho fazer uma consulta de avaliação global de saúde escolar. Depois de ter sido informada que a consulta era totalmente gratuita sendo do SNS ou de qualquer SUBSISTEMA ,a consulta ficou marcada para 28-06-2007.

Na altura da inscrição fiquei indignada porque a funcionária administrativa que o inscreveu não me deixou entrar na sala dizendo "ele já é crescidinho". Ficando portanto o meu filho portador de documentos que via pela 1ª vez.

A consulta foi feita ,há provas em como fez a consulta de avaliação global de saúde escolar ,quando não é o espanto que no meu subsistema vem cobrado 30 euros ( 50% paga o utente e os outros 50% paga o subsistema) .

Tentei resolver o assunto com a funcionária que me contactou que estranhou o facto da consulta ser debitada ,falei com a directora do posto e com o responsável do gabinete do utente ,reclamei no livro amarelo , reclamei à ARSS ,denunciei á Proteste e começo a ficar cansada.

Eu já descobri o erro que foi feito logo na inscrição ,a senhora administrativa inscreveu como uma consulta normal e ai sim ele teria que pagar uma taxa que poderia ser 2,05 euros pelo SNS mas a senhora preferiu inscreve-lo com o subsistema e aí o utente paga à parte os 50% que são os 15 euros.

Isto é só para alertar para que não se repita

Conversas , ideias , trocas com xunandinha: father and son - cat stevens [lyrics]

Conversas , ideias , trocas com xunandinha: father and son - cat stevens [lyrics]