sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nesta noite o futuro vai começar



Mais um concurso literário


Numa noite um menino chamado Luís estava a dormir quando ouviu um barulho muito forte.
O Luís ficou com muito medo, ele só pensava:
-Quem será, quem será?
O menino foi à cozinha beber um copo de leite e depois foi ver de onde é que vinha o som que não o deixava dormir.
O Luís procurou por todos os cantos da sua casa e finalmente encontrou-o.
Afinal de contas, o som que não o deixava dormir vinha do espelho.
Ficou de pé a olhar para o espelho, e de repente surgiu.lhe uma ideia.
-E se eu tocar no espelho?-pensou o menino.
Assim o fez, tocou no espelho e como por magia o espelho falou com o Luis.
O espelho explicou-lhe que só poderia dormir se ele entrasse dentro dele para ver uma coisa, mas antes teria de dizer uma frase:
-"Nesta noite o futuro vai começar."
O Luís disse a frase e por magia entrou dentro do espelho.
-Uau!!!-exclamou ele com uma cara de espanto.
-É espantoso este mundo, não é?-perguntou o espelho.
-É sim!-respondeu o Luís.
Naquela aldeia era tudo tão colorido e tão mágico.Os habitantes, embora pessoas normais tinham poderes especiais.
O Luís conheceu as pessoas da aldeia e até comprou duas varinhas mágicas, pó mágico (para os cozinhados da avó) e canetas mágicas.
O Luís já estava tão cansado porque ainda brincou à apanhada, jogou á bola e ao macaquinho do chinês.
-Bem, parece que já está na hora de ires para casa, mas eu acompanho-te:-disse o espelho.
O Luís e o espelho despediram-se das pessoas eo espelho levou-o até casa.
Quando chegaram, o espelho reparou que o Luís já estava a dormir, por isso levou-o ao colo e deitou-o na sua confortável cama, aconchegou-o e disse-lhe:-Boa Noite.
O espelho colocou-se no seu lugar, e adormeceu.
Quando o espelho adormeceu o menino disse baixinho.
-Obrigada e Boa Noite.


FIM

Este texto foi criado pela minha filhota na aula de Lingua Portuguesa, com a finalidade de participar em mais um concurso literário, ao qual já tem sido habitual concorrer, este ano o mote era: Nesta noite o futuro vai começar...

Este ano continuou no pódio o texto ficou em 3º lugar.

Favas à minha maneira

O desejo foi mais forte.





Cá em casa já havia saudades de umas favinhas, mas como a "canalha" não gosta nada, a coisa foi-se adiando, até porque qualquer dia o tempo começa a aquecer e lá se vai o repasto...mãos à obra e desta é que foi.

Primeiro fiz um refogado com azeite a cebola cortada miudinha, adicionei coentros, uma folha de louro,tomate, pimento cortado às tiras fininhas e uma colher de sopa de alecrim.



Depois de começar a ficar tudo loirinho e o aroma começar a prever que era só o começo, acrecentei as rodelas de chouriço, o tradicional das favas e também de carne, umas tiras fininhas de bacon, e entremeada cortada também em tiras,acrescentei as favas e água e deixei apurar.

.


O cheirinho começou a espalhar-se pela casa, no final ficou de comer e chorar por mais, com um molhinho grosso , com uma saladinha a acompanhar, foi um almoço cinco estrelas,ainda se vê o fumo.





E cá está a saladinha.






Quanto às crianças comeram arroz de ervilhas com carne estufada.




Assim ficamos todos satisfeitos.

Festa do décimo aniversário do Blogue Espiritual-idade

  Devagarinho entrando tarde e de fininho venho entrar na festa dos 10anos do blogue Espiritual -idade da grande amiga Roséli...