sábado, 19 de novembro de 2011

desafio do Elcio



Meu primeiro beijo. já tive ocasião de contar aqui neste espaço a história da minha vida e em que conto o meu primeiro amor.

Amor lindo,fantástico,conto de fadas,
afinal acontecia mesmo tinha eu 13anos ,
não era só, nas brincadeiras de faz de conta,
afinal,aquele rapaz de 14 anos,inteligente,com boa figura e que fazia questão que reparace que morava ali,um dia no intervalo da escola,veio ter comigo dizendo que queria falar em particular,o recreio era o jardim de um palacete e foi perto de uma hera já muito velha que me pediu namoro,claro que aceitei,mas lembro dos calafrios e o bater forte do coração,lembro perfeitamente que os meus orgãos tilintavam como espantaespiritos,quando me beijou fiquei pior ainda subiu um calor,até que uma colega gritou ei,já tocou, eu nem tinha coragem de o olhar nos olhos,mas com o tempo isso passou, até porque esse foi o meu grande amor ....dele nada sei espero simplesmente que seja feliz,para mim ficou sempre a sensação de como seria se o nosso caminho tivesse sido junto.

Este foi um desafio proposto pelo amigo Elcio do Verseiro adoro ele escreve muito bem "Como foi o seu primeiro beijo",todos podem partecipar

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Continuando ....

Continuando a aperfeiçoar as Torre Eiffel ao gosto para quem estão destinadas

Esta talvez para uma menina de 11 anos






Esta talvez para uma senhora






Esta para quem goste de viajar





Esta para os românticos

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Oui lá lá

Tentei fazer o meu melhor ,os moldes fui busca-los a um blogue brasileiro.
"Adoro crochet,costura artesanato, fotografia,culinária,jardinagem..."

Voiloi foi o melhor que consegui..














Mais porta Lápis e Não Só

Esta caixa de skip virou caixa para guardar o papel krepe da sala da professora Ana Paula.







Estes a minha princesinha decidiu levar para a biblioteca da escola Francisco Arruda






Porta Lápis ou...

Este foi para uma colega da
minha Joaninha









Cachorrinhos no Pote - fofos demais