sábado, 17 de março de 2012

Blogagem Coletiva 1ª fase Encantamento



Amor aos Pedaços


Nunca fui daquelas jovens que desde criança partilhou o amor com nenhum rapaz.
Era muito pacata, na altura as escolas não eram mistas o que dificultava a coisa e os meus pais não me deixavam brincar com outras crianças,daí esses namoros de meninos não tivessem acontecido comigo tão cedo.
só por volta dos 13anos conheci um rapaz, andava no 3ano do curso comercial da escola Ferreira Borges em Lisboa na dependência da Calçada da Tapada, um antigo palacete.
Não conhecia ninguém e sentei-me num lugar isolado, até que aquele rapaz veio sentar-se ao meu lado.
Logo na altura senti um pulo no coração,alguém se sentou ao meu lado e ainda por cima rapaz;pensei---até admira.
Não falávamos,mas eu tinha curiosidade em ver como ele era,aproveitava a entrada dele ou os meus atrasos,para reparar em certos aspectos e não havia dúvidas era interessante e falava muito bem,era o melhor aluno da turma.
Comecei a olhar para ele com outros olhos,mas sempre no meu silêncio.
Até que um dia vinha rua abaixo e senti alguém atrás a dar os bons dias, olhei para trás e fiquei branca e com a garganta seca e foi com esforço que me saíram os meus bons dias,toda eu tremelicava e já lá vinha outra pergunta.Moras para estes lados?eu moro na rua do Cruzeiro e tu?Então lá foi saindo que morava no Casalinho da Ajuda,...
depois de uns minutos de silêncio ele voltou à carga logo podemos vir juntos para casa,visto que moramos perto,eu abanei a cabeça porque um sim não saía tal era a felicidade que eu sentia por dentro.
Na volta quando me mostrou onde morava fiquei incrédula e aí tive que comentar,és filho do Sr Eduardo e eu não te conhecia...a partir daí andávamos sempre juntos no caminho e o meu amor cada vez era maior por ele....

Mensagem dada

                                                      A Vida e o Amor que criamos são a Vida e o Amor que vivemos  .