quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Obras rima com...Cobras





Apresento a minha luxuosa (vivenda)cabana de luxo na Aldeia do Arripiado Freguesia da Carregueira Concelho da Chamusca Distrito de Santarém,o carro não vai à porta porque não tem estrada, tenho uma a 130 metros, mas o terreno não é meu, não tenho luz elétrica mas tenho iluminação publica a 130 metros, mas o terreno não é meu, no entanto a cerca de 200metros existe terreno da camâra municipal Da Chamusca a QUEM JÁ PEDI AUXILIO PARA A ILUMINAÇÃO E À JUNTA PARA A ESTRADA e até agora nada. Mas isto vem à razão para explicar que aquela casa passa a vida em obras por causa dos acessos pois é dificil levar para lá o material e de inverno como temos que andar por carreiros se está muito mau tempo não podemos ir pois é complicado levar a minha mãe.
Este ano fizemos obras no telhado e reboco nas frentes,ora isso é motivo de muito pó, e pó dá limpeza e foi o que aconteceu.
Depois de quase tudo limpo faltava lavar dias redes de pesca que tenho estendidas na parede da sala a formar um véu .
1º Passo era retira-las da parede, tarefa que cumpri sem dificuldade.
2º Passo arranjei um alguidar grande com água e detergente.
3º Passo comecei a mergulhar as redes na água, mas chegou a um ponto que a rede não mergulhava,ficava rija e não seguia para baixo de água e eu voltei a insistir e a rede não cedia...que raio se passa -pensava eu enquanto puxava a rede para fora para ver o que era... ao mesmo tempo que olhava uma mangueira?????????????-mas que raio+~º.,que foi que me pÔs aqui uma mangueira?????????-
---Conforme começo a tentar desembaraçar a suposta mangueira das malhas da rede*?0=8&++"@Ó DIABO espinhas? uma mangueira com espinhas?CCCOOOOOOOOBBBRRAAA''!!!!!!!!!!!!!!!!
Nem queria acreditar era mesmo uma cobra seca inteirinha que ficou presa na rede,fiquei tão incomodada e a minha mãe só pedia: tira isso daqui tira isso daqui,
Que acabei por me esquecer de tirar uma foto para mostrar à abobrinha que não é só ela que tem visitas de animais sem serem convidados eu até tenho animais para lhes fazer o funeral, e esta hem!

domingo, 25 de setembro de 2011

Minha Terra Meu Amor...Arripiado

Um lindo Jardim...O meu Arripiado
Este ano as férias foram mesmo por lá, aliás eu adoro, só não gosto da parte de continuar sem uma estrada e sem elétricidade, já pedi ajuda ao Sr. presidente da Camara da Chamusca e ao Sr. presidente da Junta de Freguesia da Carregueira, que é quem trata dos assuntos do Arripiado e até agora nada.
Acho que já mereço algo, pois passo a vida a carregar coisas e começo a ficar sem forças e já não é a primeira vez que caio, e cada vez pior com a fibromialgia não suporto pesos e depois estou sempre com medo , pois a minha mãe tem Alzheimer, se acontece algo não passa lá uma ambulância, enfim...aguardo vai para 30 anos, não sei quanto mais tempo terei de aguardar. Bom mas enquanto estamos nos entretantos fiquem com algumas imagens e se puderem visitem tem muito para escolher.(Arripiado, Chamusca, Tancos,Golegã,Constância,Ulme...)



Zona onde existe fogareiros para fazer grelhados.



Na Aldeia do Arripiado as casas estão sempre branquinhas, com flores, e tem luz elétrica.




Casas com lindos paineis de azuleijos



Lago com repuxo ao longe avistamos Tancos



Zona de W.C.




O Arripiado é considerada a Aldeia do Tejo- escultura de um barco



O Arripiado é considerada a Aldeia do Tejo- escultura peixes



O Castelo de Almourol- o nosso cartão de visita




O Rio Tejo



O Rio Tejo



O Rio Tejo Lindo, fantástico,envolvente...




Apesar de tudo adoro comtemplar um por do sol tão doce e romântico como só existe lá.




... E adoro ficar a olhar a Lua e o Céu estrelado do Arripiado

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Uma amizada Canina



Esta é uma cadela de raçã ...não sei, com um pelo lindo brilhante e muito limpo, que sempre que eu ía ao Arripiado, aí desde Março vinha ter connosco ao carro a pedir festas.
A minha filha dizia que ela estava abandonada, mas eu reparei que tinha uma coleira para parasitas e dizia que devia ter dono senão nem sequer se aproximava.
Em junho como começei a ficar por lá mais dias é que me contaram a história da cadela.
A cadela foi deixada e encontrada no cemitério do Arripiado, e veio atrás de duas pessoas da aldeia e dali do largo.
É um doce percebe tudo e é um pouco de todos.
A nós quando estamos,segue-nos até casa come , tira uma sesta, vê as minhas porquinhas e o meu coelhinho e não lhes faz mal, quando quer volta para o largo que no fundo é lá que todos a controlamos.
Quando me vê fica tão feliz põe-se em pé com as patas à volta do meu pescoço.
A minha filha tinha medo de cães, conseguiu tirar o medo com esta meiga cadela.
Ha esqueceu-me de dizer o nome chama-se Ventoínha







Acho que esta amizade vai durar

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Um Por Todos E Todos Por UM



Hoje estou aqui para divulgar uma noticia que recebi da associação, lembrei-me de divulgar neste meu cantinho, pois cada vez, infelizmente existem cada vez mais familias que tem alguém que sofre de Alzheimer, um pai,mãe,tio,amigo,ou apenas vizinho.
Alzheimer, é uma doença degenerativa do sistema nervoso central, é uma doença crónica e irreverssível.
Em Portugal existem cerca de 153.000 pessoas com Demência,das quais 90.000 com demência de Alzheimer.existem no mercado,são caros e não curam a doença.
Alzeimer é uma doença que arrasta também os familiares,pois são teimosos por vezes, fazem o que querem principalmente quando já eram pessoas dificeis e de personalidade forte,é preciso muito apoio para acompanhar estes doentes, eu confesso que tenho momentos de pensar não aguentar, mas penso que outro dia será melhor ou então...
Aproveito para informar que o dia dos doentes de Alzheimer se comemora a 21 de setembro.
Vou passar a mensagem que recebi da Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer:



Caros Associados e Amigos




O nosso 1º Passeio da Memória é já no Domingo!

Será um momento único de sensibilização para a Doença de Alzheimer e um reforço importante para a necessidade do reconhecimento desta patologia como uma prioridade de saúde pública.

Sabemos que a Doença de Alzheimer afecta cerca de 1% da população portuguesa e que, pelo menos o dobro desta percentagem sofre com este drama tão avassalador para os próprios e para os seus cuidadores.

São muitas pessoas a precisar de apoio e de respostas adequadas às suas especificidades.

Não basta queixarmo-nos e dizer que nada é feito.

Somos todos responsáveis e este é um momento de aparecer e de participar.

Contamos com todos!

Até domingo, às 9.00 na Praia da Torre.



Um abraço a todos.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Regressei...As férias Acabaram.



As férias acabaram, aí vem mais um Ano lectivo, e os filhotes têm de regressar à escola.

Este Ano ficamos só pelo Arripiado, pois tivemos obras no telhado, pois as ultimas reparações que se fizeram no telhado, ou seja o telhado novo ficou a chover na mesma, e o meu marido não podia pintar nem colocar o tecto falso com o telhado nesta situação.
Desta vez encontramos o empreiteiro certo, o telhado ficou finalmente a 100% e já tem o tecto falso novo, agora falta pintar.
Por isto tudo, foi impossivel montar a piscina, mas o rio Tejo esteve do nosso lado e este ano e tive um imenso areal em frente à porta, portanto as crianças iam ao rio brincar e refrescar-se.
A minha Joaninha teve o seu baptismo e aulas de equitação,fez visitas à biblioteca da Chamusca, várias brincadeiras pelos campos e terrenos que envolvem a casa, férias em familia são sempre divertidas.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

"Saídas" Do Membro Mais Pequeno Da Familia




Depois de algumas semanas de ausência, cá estou
eu a pouco e pouco a voltar à rotina do dia a dia.

Com o ínicio do novo ano lectivo, temos mesmo que voltar à Capital...não será definitivo, mas a partir de 12 lá terá que ser.

Este ano as minhas férias ficaram mesmo pela minha terra adptiva, mas eu gosto os miúdos é que é pior, não gostam muito de isolamento e computadores e violas a precisarem de cumprir horários, porque luz só há quando anoitece, pois o gerador só se liga quando anoitece, e o carro também não vai à porta.

O meu neto gosta muito, até porque pode mexer na terra, faz construções, transfere terra de um lado para o outro, anda com pedrinhas enfim, brinca que se farta.
Ora num destes fins de semana apareceu com os pais e ficaram uns dias, como tinhamos obras no telhado e faltava deitar a baixo o tecto falso da sala, a conversa entre os homens da casa era tecto falso para lá tecto falso para cá....
Quem fez todos os tectos falsos das outras divisões foi o meu marido com os meus filhos como ajudantes, embora o flávio seja aquele que mais ajuda pois estuda e o outro tem a sua familia e já trabalha....bom mas vamos ao que importa, conversa de tecto falso para lá e para cá,que o Flávio diz, é pá eu não vou arrancar o tecto falso velho...teias de aranha...bichos...cobras..??????????????????peles...nãaaoaaaoooooooooooooooooo,..:((8(.
O pai dizia que os senhores é que tratavam disso.
Ele continuava-------------NAAAAAAAAAAAAAnão me convencem ,,ficar sem o tecto falso assim?
E o meu neto respondeu ao tio:
------Olha Flávio , deixa ir o tecto falso ,assim ficas com um verdadeiro......eh,eh, claro que tudo desatou à gargalhada,mas o pequenino continuou------não é qual a preocupação de um tecto que é falso se pode ficar com um bom o falso não presta é falso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Claro que as gargalhadas não paravam, ele achando que estavamos todos tolos, lá foi deixando um sorriso amarelo.

Conversas , ideias , trocas com xunandinha: father and son - cat stevens [lyrics]

Conversas , ideias , trocas com xunandinha: father and son - cat stevens [lyrics]