sexta-feira, 15 de julho de 2011

Blogagem colectiva "Maturidade"


Fui convidada pela Orvalho do Céu do blogue Espiritualidade para entrar nesta blogagem colectiva que está dividida por várias fases da Vida.

Nasci e fui crescendo,
Como se de uma erva se tratasse,
Sem mimos,
Sem carinhos,
Sem proteção,
Sem projectos,
Eis que menina e moça,
Apenas com quinze anos,
Sem pensar,
Sem projectar,
E talvez...
Sem querer,
Aliança no dedo,
um filho nos braços,
MATURIDADE?
Não,
Maternidade,
Sem emprego,
Sem curso acabado,
Desespera,
E vai trabalhar,
A fazer limpezas,
A paixão do comércio,
Fica para trás,
MATURIDADE?
Não, necessidade,
Os anos passam,
E vai para o comércio,
E surge então,
Nova Situação,
Um novo ser iria surgir,
Mas o casamento,
Iria acabar,
Com um adolescente e um bebé,
Com todas as forças tive de lutar,
E EIS QUE VOLTEI AMAR.,
MATURIDADE?
NÃO SOUBE O QUE ERA,
Nasceu outro ser,
Deixei o comércio´
Abraçei o voluntariado,
Brinco corro e ajudo, no que posso,
Guardo as crianças,faço brincadeiras,
Com elas entro em palhaçadas,
Pinto a cara, digo xalaças,
Em casa canto opera, faço de comboy,
Enfim...
Não sou desconfiada,
Gosto muito de ajudar,
Prefiro a maior parte das vezes sair prejudicada,
Sou frontal, e odeio mentiras,
Tenho 51 anos,
Maturidade acho que não tenho, nem sei se um dia terei


11 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
No dia de hoje, espero encontrá-la assim:

"Aquecida em ternos orvalhos de fina luz". (Mari Bózoli)

Menina, gostei muito do paralelo que ia estabelecendo com as ocorrências da sua vida e Maturidade... Ficou bem original e verdadeiro...
Maturidade?
Não, necessidade...
É assim mesmo!!!
Um misto dos dois e nem sabemos quando entra um e outro...
Tem sim... mesmo que os outros não vejam em vc, não teria progredido se não a tivesse...


E, quando retornar, no próximo mês, esteja perfumada:

" Flores orvalhadas nas manhãs,
banhadas pelo sereno do entardecer,
carregadas de fragrâncias exóticas ou não,pálidas como a neve ou rubras de emoção". (Meliss)

Bjs de paz e boas férias de meio de ano com tudo o que vc se sentir com direito... também estarei de férias até o início do mês com post programado alguns...

Socorro Melo disse...

Oi, Xunandinha!

Muito intensa sua história de vida, marcada por desafetos e sofrimentos, mas, com superação, dinamismo, confiança e vitória.
Você tem beleza interior, pois, suas ações refletem o que há na alma. E é madura sim, pois, seu amor pelos semelhantes é imenso, e sua forma lúdica de viver só torna mais aprazível a sua história.

Beijos
Socorro Melo

ensinoregular disse...

Quero agradecer teu comentário sobre minha blogagem e te dizer que a tua história,passou pelas etapas necessárias par atingir a maturidade.Estou te seguindo.Te convido a me seguires também.

Gina disse...

O que fica claro no seu relato é que faz o possível para que, aqueles que dependem de você, recebam o seu melhor. Tudo o que lhe foi privado, você tenta compensar.
Também concordo que amadureceu sim, caso contrário não teria tirado nenhuma aprendizagem do seu sofrimento.
Bom final de semana!

AnaCristina disse...

olá, obrigada pela visita!

soniaconsult disse...

Que legal a forma como contaste tua história.
e sem perder o sentido.
A vida nos traz um desafio a cada dia
uma luta a ser vencida, se alcançamos a maturidade é algo mais além..
bjos querida um bom domingo

Irene Moreira disse...

Adorei sua prosa contando sua história que em todos os momentos mostra a maturidade que sem querer vai surgindo.

Que bom compartilhar com você esses momentos,

Beijos

Bel Rech disse...

A vida nos ensina muito e sempre tiramos o que de melhor ficou...
Paz e bem

RUTE disse...

Oi Xunadinha,
desculpe vir tão tarde, mas só hoje descobri que não tinha vc na minha lista de participações. Só quando comparei as minhas 37 participações com as 38 da Gina é que notei a falha!

Seja muito bem vinda a esta nossa colectiva.
Seu texto me emocionou. Toda a vez que vc questionava MATURIDADE? eu me arrepiava. Não sei explicar porquê... Notei muita energia sua, nessa palavras em letra maiuscula e com ponto de interrogação...

Se prepare para a próxima fase, já postamos texto de abertura de temporada para a MELHOR IDADE (dia 15 Ago).
Beijo além-mar,
Rute

Zilda Santiago disse...

Adorei seu texto na coletiva!!!Bjsss

Romy disse...

Minha querida amiga!!! A tua vida dava um filme :-)
Um dia serás recompensada por tamanho sofrimento. Tu és linda por dentro, sinto isso e nas tuas palavras denotasse alguma resignação.
Fica com Deus :-)

Bjokas