domingo, 4 de março de 2018

Poetizando e Encantando


                 
                           
                      POETIZANDO  E  ENCANTANDO 

                                  
                                         
SEMANA 25 

No inicio da noite
Com o mar e a lua
Pedro e Inês moite
Falavam do seu amor
Que era com esplendor 
que selavam com um filho 
todo o seu amor
Fruto de uma união 
que o Senhor abençoou
Jesus Cristo  nos presenteou
um abraço ao pé do mar
Um beijo selou
O para sempre vou te amar.

O mar vai 
O mar volta
Agradeço ao pai
Tudo o que me dá
O menino está crescendo
dentro do meu ventre
e eu vou aprendendo,
Que meu ventre
tem lá dentro
um bebé só nosso

Esta foi a minha humilde participação, fiquem com Deus Nosso Senhor uma Santa semana







6 comentários:

✿ chica disse...

Xunandinha, tua participação nada tem de humilde.. Foi linda e encantaste, com certeza! bjs, chica e ótima nova semana!

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Olá Xunandinha! Vi sua postagem na lista de leitura e estou aqui para apreciar. Linda poesia, um amor lindo que a Inês despertou no coração do seu amado. Parabéns por mais essa linda participação. Amiga, sempre que postar, deixe um comentário no meu blog par que eu possa adicionar seu link. Estou levando querida. Obrigada! Abraços

Nicolaz Marcio Jordan Lopes disse...

Oi Xunandinha!

Linda prece em forma de poesia, maravilhosa participação como sempre! Parabéns pelos encantadores versos!

Abraços e boa semana!
Nick

Toninho disse...

Uma linda historia de amor em poesia de encantamento diante uma imagem realmente inspiradora Xunandinha.
Muito bonita sua construção.
Abraços com carinho.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Xunandinha!
Que lindeza!
O amor gera frutos de beleza imensa dentro e fora do ventre...
Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
Bjm de paz e bem

silvioafonso disse...

Eu gostaria muito que
seguisses o meu blog,
porque há muito eu sigo
o teu.

Obrigado e um beijo.

silvioafonso



.

ENCANTANDO E POETIZANDO Nº 48

 Depois de uma ausência forçada sinto vontade de recomeçar se consigo continuar ? Só o tempo o dirá  Lembro muito bem os momentos de...