domingo, 6 de maio de 2018

Poetizando e Encantando n-34

Poetizando e Encantando

N--34



                                                                                                                                                                  
                                                                  MAIS UMA SEMANA



                                                                                I
 Esperando no meio da praia que a dona do rosto que visualizava ao longe num ilheu viesse ter consigo e caísse em seus braços perdida por seu incondicional  amor.




                                                                            II

Nos braços de um belo homem
Se viria a entregar
Num belo dia de Outono
Os dois puderam dançar
Rodopiavam os dois
Nos braços um de outro
Como eternos namorados
Os dois bem aventurados
quatro braços entrelaçados
Um olhar apaixonado
Dançavam os dois
A eterna dança do amor .

                                                                              
                                                                            III

                                                              Uma linda borboleta
                                                              Saiu de um casulo
                                                              Em tons amarelados
                                                              E com vontade de voar
                                                              Nos meus dedos foi pousar
                                                              E como se tocasse
                                                              Numa casa hilariante
                                                              A bela borboleta, voava, voava
                                                              E em modo de agradecer
                                                              Ela veio me dizer
                                                              Que Deus está comigo
                                                              E que zela por todos nós
                                                              Que ama com todo o seu esplendor
                                                              Que continue a dar o meu amor
                                                              A todos os que privo
                                                              Aos animais que defendo
                                                              A todos eu compreendo
                                                              Aos desprotegidos entendo
                                                              E foi com estas palavras
                                                              Que ela se despediu
                                                              E a toda a velocidade
                                                              Embora ela se foi
                                                              Com promessa de voltar
                                                               Para me abençoar.


Esta foi a minha participação na blogagem da amiga Lourdes.Beijinhos para todos







3 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Xunandinha!
Amiga, o que é isso? Meu Deus, na última inspiração, tive que tomar fôlego para ir até o fim... uma estrutura bem inusitada e com um conteúdo poético ímpar... lindamente inspirada está e sei que tudo isso brota do seu doce coração Largo e gigante que só sabe amar e amar...
Seja muito feliz e abençoada junto aos seusamados!
Bjm fraterno de paz e bem

✿ chica disse...

Linda e muito bem inspirada tua participação,Xunandinha!
Feliz dia pra ti por aí! bjs às mamães de Portugal! chica

Gracita disse...

Minha querida amiga
Que inspiração deslumbrante em cada dos poemas fazendo uma belíssima arte literária. Parabéns
Beijos

Minha participação Descobri onde mora a felicidade Poetizando...

ENCANTANDO E POETIZANDO Nº 48

 Depois de uma ausência forçada sinto vontade de recomeçar se consigo continuar ? Só o tempo o dirá  Lembro muito bem os momentos de...